quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Comunicado

Tendo em vista o número expressivo de e-mails que recebemos, vimos a público esclarecer que:

1) O blog Budismo Aristocrático não foi extinto. Apenas se tornou um blog particular, onde é necessário CONVITE para acessar os textos;

2) Os membros da Organização Religiosa Tendai Hokke Ichijo Ryu do Brasil (THIRB) são os únicos que, no momento, têm autorização para o acesso;

3) Tal medida visa EVITAR O ABUSO de pessoas que copiavam os textos, os utilizavam sem citar a fonte ou mesmo os apresentavam em templos de outras denominações como se fossem "estudos" seus, enquanto, publicamente ou em listas de internet, denegriam a imagem da THIRB;

4) Muitos "mestres" de diversas organizações estavam usando nosso material sem identificar de onde haviam retirado as informações. Ao contrário, enquanto usavam as informações que obtinham no blog, faziam esforço para nos taxar de "seita obscura", "falso budismo" entre outros adjetivos que ainda lhes pode custar um PROCESSO JUDICIAL;

5) A princípio, o blog tinha como objetivo dar informações superficiais sobre o Dharma. Não era um substituto para o envolvimento com a Sangha e nem um "mestre" virtual;

6) Quem realmente tiver interesse SINCERO no DHARMA, que procure se tornar um discípulo e que se submeta à disciplina e aos compromissos que isso exige.

Atenciosamente;

Dharmananda

14 comentários:

  1. Uma pena. Os textos eram muito bons.

    ResponderExcluir
  2. Que noticia triste, por favor repense isso, instale plugins que impendem a copia. O blog é fonte de informação e esclarecimentos que auxilia muita gente.

    Um oásis no meio da mediocridade da contra informação.

    Se puder me dar acesso: descharth@estimulanet.com

    ResponderExcluir
  3. Sou fã do seu trabalho, se possível: bibisplay@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Lamentável o ocorrido, mas se decisão já foi tomada, boa sorte no caminho de vocês.

    ResponderExcluir
  5. Não sou budista, mas leio sobre desde criança, e acompanhava este blog desde o início. se possivel pedromarcusjayme@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. É fácil dizer que é uma pena que os textos não estão mais disponíveis, mas se comprometer com uma prática séria ninguém quer né?... Teoria sem prática não é nada, querem enganar quem?

    ResponderExcluir
  7. Sou fã do seu blog, infelizmente as pessoas devido ao ego não possuem limites e estão sempre minando alguém para se apossar do conhecimento e fazer "sucesso", uma pena isso pois acabam prejudicando pessoas sérias, honestas e comprometidas com uma aprendizagem verdadeira e pura, se puder me permitir o acesso ao site ficarei grato, até porque estou me aprofundando nos ensinamentos do budismo e acredito que você possa me ajudar com suas reflexões, desde já agradeço!

    ResponderExcluir
  8. Saudações, eu também acompanhava o blog, mesmo que esporadicamente, eu me interesso pelo tema, e sou simpático a visão que os senhores apresentam sobre o budismo, se puder por favor, peço que me adicionem.

    Meu e-mail: jeanf.geo@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Olá! Já faz 4 ou 5 meses que eu venho estudando o Budismo (em especial a Theravada e o Zen), mas eu sempre tive dificuldades em aceitar por causa de meus posicionamentos políticos e ideológicos mais tradicionais e conservadores, mas eis que me deparo com Evola que me dá uma nova luz para prosseguir e percebo que este blogue tem muito a acrescentar e a me complementar, espero que me permitam fazer parte.


    email: timaodolucas17@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, eu e meu irmão gostávamos do seu blog. Não somos budistas mas eu adorava a ponto de vista não muito popular de um budismo sem fantasmas e supertições.

    albinoparalelo@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Se possível, igormiranda777@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. Vi este blog em 2015. Fiquei cheio de curiosidade. Voltei a ver em 2016, e vi esta mensagem. Só agora eu tomo a decisão de pedir a participação neste blog. Meu email é yoshiron10@gmail.com . Estou muito interessado!

    ResponderExcluir
  13. Se possível permitir-me o acesso, caimmydesa@gmail.com

    ResponderExcluir